Mundo Design: na Inglaterra, Studio Morison implanta um pavilhão ''tutti frutti'' inspirado em galpões de jardinagem georgianos.
12 de setembro de 2017

Mundo Design: na Inglaterra, Studio Morison implanta um pavilhão ''tutti frutti'' inspirado em galpões de jardinagem georgianos.

Mundo Design: na Inglaterra, Studio Morison implanta um pavilhão ''tutti frutti'' inspirado em galpões de jardinagem georgianos.

O condado de Herefordshire, na Inglaterra, parece ter saído das páginas dos livros da escritora britânica Jane Austen (1775-1817), literata que sempre soube ilustrar o universo da nobreza agrária à qual pertencia em seus romances aparentemente ingênuos. Cadenciada por construções da Era Georgiana (1714-1830), a cidade ostenta edificações célebres, como o Berrington Hall, mansão tombada que despertou a atenção dos artistas Heather e Ivan Morison, aka Morison Studio.

Ali eles resolveram plantar sua “frutinha” batizada de “Look! Look! Look!” – que, de tão extravagante, nem precisava pedir para olhar. Inspirado nos galpões de jardinagem que viraram febre no século 18 (e que serviam de termômetro de riqueza das famílias mais abastadas), o prédio grita alto com seu pigmento rosa pastel, pinçado da paleta georgiana, mas que vive seus dias de glória novamente, como anunciou a última temporada milanesa do design (replicada fortemente por aqui na última Casa Cor, diga-se de passagem). O shape em losangos imita os padrões geométricos da casa, mas se assemelham muito a um abacaxi (embora eu, particularmente, enxergue mais uma romã por conta da coroa atarracada). De qualquer maneira, o formato tem lá a sua razão de ser: outra tradição da burguesia inglesa era importar frutas exóticas naqueles tempos.

Na dobradinha marota, Heather e Ivan primeiro construíram a estrutura em papel, tipo um origami, antes de jogar o abacaxi nas mãos dos engenheiros responsáveis por botar a casa do Bob Esponja de pé. Em cartaz até 2019 (só para você não ter desculpa de não passar por lá caso esteja planejando um périplo europeu), o pavilhão foi construído usando uma armação em que a fundação de metal está enterrada, segura com parafusos em vigas de madeira, revestidos com tecido especial que suporta as temperaturas extremas. Visto à distância, o projeto tem aspecto denso e escultural mas, por dentro, é todo transparente e minimal, sugerindo paz e calmaria, feito fruta madura. Sem acidez.

 

Fonte: Giz

​Fotos: Marsha Arnold/Ivan Morison


VER TODOS OS POSTS
OK